Região
DIRETRIZ: Conceição quer crescer, mas de forma equilibrada 26/08/2014 às 08:18:29

Conceição do Mato Dentro não é mais a cidadezinha pacata de apenas 18 mil habitantes. Desde a instalação do maior projeto minerário do Brasil no município, em 2006, seu cenário socioeconômico vem sofrendo drásticas mudanças. No último ano, chegou-se a estimar uma população de 30 mil habitantes, considerando a população flutuante, oriunda dos trabalhos diretos e indiretos da mineração. Hoje, os índices da indústria se aproximam aos da agropecuária. E a mudança do campo para a cidade registra uma inversão no panorama social.

 Por tudo isso é que o futuro de Conceição do Mato Dentro está sendo pensado e redesenhado com a revisão do Plano Diretor Participativo 2014. Lançado no dia 20 de março, o processo de revisão tem sido realizado em conjunto com todos os agentes sociais, respeitando a transparência e ampla divulgação.  Propõe-se então a gestão participativa do município, com atuação das escolas, igrejas, empresas, associações e instituições e órgãos públicos.

O Plano Diretor é um instrumento de planejamento municipal que apresenta estratégias para os próximos 10 ou 20 anos. Levada aos cidadãos, a discussão acerca da lei auxilia na extração de informações referentes à qualidade e estilos de vida, buscando entender a direção para onde o município está caminhando. Com a colaboração de todos, fica mais fácil definir as ações que serão desenvolvidas em curto prazo, em médio prazo e em longo prazo. Com esse planejamento, o município fica preparado também para receber recursos dos governos Estadual e Federal.

“A gente tem que pensar no futuro e traçar soluções para que os problemas que temos hoje não se repitam nos próximos anos”, disse o Secretário Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Ricardo Guerra. “Espero que possamos honrar com o compromisso de deixar esse lugar melhor do que como encontramos,” completou.





SEM BANNERS NESTE LOCAL!